A Netflix é uma marca muito famosa, todo mundo conhece, milhões tem assinatura do serviço. E realmente, por um preço pequeno, você tem a possibilidade ter ver seus filmes ou séries favoritos, na tela da TV ou na palma da mão pelo Smartphone. A Netflix é pioneira neste tipo de serviço de streaming, o que a fez se tornar um gigante amado pelos clientes. Eu sou um grande fã, pois muitas séries eu consegui acompanhar ou descobrir a partir do serviço. Veja bem, mesmo tendo um acervo próprio muito bom hoje em dia, a maior parte do que assisto são de terceiros. Antes eu era obrigado a assistir na TV a cabo, com um valor absurdo e na hora que eles quisessem. Com a Netflix não, posso assistir uma temporada de uma única vez, se estiver disposto a gastar um dia inteiro para terminá-la, e em qualquer lugar. E assistir o que eu quero, na hora que eu quero. Mais liberdade que isso? Os canais de TV tradicionais não te dão isso. Essa revolução jogou a NetFlix nas estratosfera. Mas era questão de tempo até aparecer os concorrentes. E realmente eles hoje não são poucos. Mas agora os grandes estúdios perceberam que é melhor ter seu próprio serviço do que disponibilizar para terceiros.

Stranger Things, ótimo original da Netflix

E junto aos que já estavam na disputa, como o Hulu, Amazon Prime, etc, A Disney irá lançar seu conteúdo diretamente no sua própria plataforma, a Disney mais. A dor de cabeça para a Netflix é que a Disney era uma das suas melhores parceiras, tendo até licenciado alguns personagens para séries originais, como o ótimo Demolidor, Jessica Jones, etc. E também que a Casa do Mickey é o principal fornecedor de conteúdo, agora mais por ter comprado a Fox.

Em uma pesquisa feita pelo THR e Morning Consult (composta por 2.200 adultos) recente, foi constado que 35% dos assinantes com idade entre 18 e 29 anos declararam que cancelariam sua assinatura do serviço se Netflix perdesse todos os filmes de super-heróis da Marvel e 26% se todos os conteúdos Disney fosse removido. Além disso, se o serviço perder The OfficeFriends mais o conteúdo da Disney e da Marvel, 49% dos espectadores disseram que abandonarão o serviço. É importante notar também que, embora a Netflix esteja gastando bilhões para conteúdo próprio, três quartos do tempo dos clientes assistindo a Netflix é gasto em conteúdo licenciado.

The Boys, série baseada em quadrinhos irá estrear no Prime

A Warner não irá mais renovar o contrato com a Netflix, ou seja, o serviço tinha a vantagem de após o termino das suas principais séries terminar a exibição na TV, ela passava a estar disponível 8 dias após, na Netflix, nos EUA. Agora se quiser novas séries, terá que disputar com os concorrentes.

É interessante notar o contrato era vantajoso para a Warner, pois, aumentava sua audiência, pois ao disponibilizar na Netflix todos os episódios de uma vez, criava interesse do público que buscava continuar a série no canal. Mas com a criação da sua própria plataforma, a Warner, assim como a Disney, não enxerga mais a Netflix como parceira, mas como concorrente. E novas plataformas vão aparecer, além das sitadas, a Apple também quer uma fatia do bolo, já disse que irá gastar mais de 1 bilhão de dólares para conteúdo próprio.

Será que a gigante de streaming vai deixar de crescer e começar a encolher? Não necessariamente.

“A maioria das pessoas tem essas assinaturas porque assiste a uma ampla variedade de conteúdo e programação”, afirmou o analista Dan Rayburn. “O fato de perderem uma série normalmente não os força a cancelar sua assinatura”.

Há também o fato de que as pessoas tendem a dizer uma coisa e a fazer outra. Rayburn apontou que 27% dos consumidores disseram que cancelariam sua assinatura por um aumento de preço, mas desde o aumento do trimestre passado, a Netflix conseguiu 1,74 milhão de assinantes.

Vingadores Ultimato. Infelizmente não veremos esse filme na Netflix

A verdade é que não temos como saber o que vai acontecer com a Netflix, mas uma coisa temos noção, que não a Netflix vai ter muito mais trabalho do que já teve. E que com o aumento dos serviços, cada um com seu conteúdo, vão acabar inchando o mercado. Desse modo, a principal vantagem que a Netflix trouxe, poderá deixar de existir, que foi ter a maioria das séries e filmes que queremos em um único local, com preço acessível. O serviço de streaming ficará mais como a TV a cabo neste sentido, fazendo com que o cliente tenha que abrir mão de alguns conteúdos em detrimento de outros ou pagando muito mais caro para ter tudo que gosta.

Neste caso, a quantidade de concorrentes não é necessariamente bom para os clientes.

1 comentário »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.