Gale Anne Hurd, que atuou como produtora da adaptação televisiva de The Walking Dead e seu spin-off,  Fear the Walking Dead, também produziu e co-escreveu o filme O Exterminador do Futuro original de 1984 com seu então marido James Cameron, que também dirigiu o filme e sua sequência.

Hurd fez um pedido para rescindir uma concessão de direitos autorais de 35 anos que ela e o co-criador Cameron fizeram em 1984 com o lançamento do filme original, que daria a Hurd 50% da propriedade da franquia, compartilhando os direitos com o ex-marido. O estúdio Skydance Media, adquiriu a licença do Exterminador do Futuro em 2011 com uma oferta de US$ 20 milhões após o fraco desempenho comercial de O Exterminador do Futuro: A Salvação em 2009. Se a moção de Hurd for bem-sucedida, a Skydance perderá os direitos da franquia em novembro de 2020, a menos que seja capaz de negociar uma extensão da licença existente.

Se a moção de Hurd for julgada improcedente, a Skydance Media manterá a licença e a capacidade de produzir sequências adicionais, embora nenhuma data para o julgamento tenha sido anunciada publicamente neste momento.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.