Estreou no Brasil em 31 de outubro, o Exterminador do Futuro: Destino Sombrio, um dia antes dos EUA. E na América do Norte o filme não foi nada bem, com apenas US$ 29 milhões neste fim de semana. No exterior, o filme chegou apenas a US$ 94,6 milhões, totalizando US$ 123,6 milhões. Decepcionante.

Como resultado, o THR revela que a sequência do Julgamento Final pode perder até mais de US$ 120 milhões para a Skydance Media, Paramount Pictures e 20th Century Fox, que colocam cerca de 30% do orçamento de US$ 185 milhões para a Disney, agora é dona da Fox, ou seja, o prejuízo vai cair na contabilidade da Casa do Mickey. 

Isso pode subir para US$ 130 milhões ou cair para US$ 110 milhões se as bilheterias aumentarem no exterior. 

“Esse é definitivamente o fim da linha da franquia Exterminador do Futuro em sua iteração atual”, diz Jeff Bock, da Exhibitor Relations. “Dito isto, os IPs são mais difíceis de matar do que Jason Vorhees hoje em dia. Então, espere uma nova série em cinco anos no CBS All Access. Provavelmente animado, desta vez”.

Logico que essa ideia de animação é uma piada, mas de acordo com fontes da Skydance, agora não há mais planos para mais filmes do Exterminador do Futuro, então a história de Dani já chegou à sua conclusão. Será que a franquia do Exterminador do Futuro chegou ao seu fim? 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.