Lou Ferrigno foi o Hulk da série de TV The Incredible Hulk das décadas de 1970 a 1980 e ele ficou decepcionado com o retrato do personagem em Vingadores: Ultimato.

Na Hamilton Comic Con do Canadá, Ferrigno explicou sua decepção, afirmando: “O que está acontecendo é que nos dois primeiros filmes de Hulk, o CGI estava melhorando, mas o último, no Ultimato, fiquei desapontado”, disse ele. Ferrigno acrescentou: “Como o Hulk precisa ser hediondo, ele precisa ser uma criatura.”

O ator passou a colocar a maior parte da culpa na Disney e no ator Mark Ruffalo. “Você vê no Ultimato, Mark Ruffalo – acho que tem muito a ver com ele e a Disney – não gostei da maneira como retratou [o Hulk]”, continuou Ferrigno. “Tirou a beleza, a qualidade do Hulk. É por isso que muitas pessoas gostaram da série.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.